140

1977.6

Novela Espelho Mágico - LPs Nacional e Internacional

A Bolha 2o. (e último) LP - É proibido fumar

Raul Seixas 5o. LP - O dia em que a Terra parou

 

Em 14 de Junho de 1977, 

Espelho Mágico é o nome da novela da Rede Globo de Televisão, que estréia nesse dia, às 20 hrs, trazendo em sua trilha sonora, nacional e internacional, alguns dos maiores nomes da música dos anos 70.

trilha nacional trazia, por exemplo, João Gilberto (S' Wonderful), Miúcha, Tom Jobim e Chico Buarque (Maninha), Paulinho da Viola (Cantando)  e Gal Costa (Tigresa).

Já a trilha internacional, vinha com vários sucessos da Disco' Music (que dominava as paradas de sucessos mundiais, na época), como I remember yesterday (Donna Summer), Yes, Sir, I can boogie (Baccara), Trouble maker (Roberta Kelly) e Ma Baker (Boney M); além das românticas baladas C'est La Vie (Emerson, Lake & Palmer) e Love so right (Bee Gees). Sintomaticamente, demonstrando sua decadência, do segmento Hits Brasil a trilha sonora trazia apenas uma música, Flying High, de Tony Stevens (Jessé); Anteriormente, desde 1971, as trilhas de novela eram quase que dominadas por esses artistas brasileiros que cantavam em inglês, com músicas encomendadas justamente para tocarem em novelas. 

A novela levou ao ar o último de seus 150 capítulos em 05 de dezembro de 1977, com uma audiência bastante baixa para o horário, o que muitos atribuíram ao enredo, considerado um tanto confuso, de difícil assimilação. 

                                                                  
                                                                  
                                                                  
                     
                                                         Ouça todas as músicas do LP Espelho Mágico (nacional) clicando nos links abaixo:
A1 - S'wonderful (João Gilberto) / A2 - Maninha / A3 - Cantando (Paulinho da Viola) /                         A4 - Tigresa (Gal Costa) / A5 - A cara do espelho (Nana Caymmi) / A6 - Vai levando (Miúcha e Tom Jobim) / B1 - Sonhos de um palhaço (Antonio Marcos) / B2 - Ombro amigo (Leci Brandão) /                  B3 - Valse (Tom Jobim) / B4 - Sem essa (Jards Macalé) / B5 - Lamento (Dilermando Reis)

                                          
                                                                  
                                          Ouça o LP completo no link ao lado - Espelho Mágico (internacional)

____________________________________________________________________

Em 15 de Junho de 1977, 

A Bolha, grupo carioca que começara a carreira em 1965 como The Bubbles, entra nos estúdios cariocas da Phonogram (Phillips) e inicia as gravações de seu 2o. (e último) LP, É proibido fumar.

Depois de diversas mudanças, nas quais Renato Fronzi Ladeira foi a única presença constante (embora neste disco ele participasse apenas como compositor), A Bolha, que na época estava acompanhando Erasmo Carlos como banda de apoio, entrou no estúdio e gravou este álbum composta por Marcelo Sussekind (guitarra), Pedro Lima (guitarra e voz), Lincoln Bittencourt (baixo) e, na bateria, Serginho Herval (que a partir de 1978 passaria a integrar Os Famksgrupo que em 1980 mudaria o nome para Roupa Nova).

O álbum, lançado em setembro de 1977, teve uma vendagem muito aquém do esperado, e uma crítica duríssima da mídia, o que em poucos meses provocaria o fim da banda.

Em 1982, dois dos integrantes originais d'A Bolha, Renato Ladeira e Marcelo Sussekind, criariam o grupo Herva Doce, um dos maiores ícones do pop rock brazuca da primeira metade dos anos 80. Em 1982 teriam um enorme sucesso com Erva venenosa e, em 1985, com Amante profissional.

O Herva Doce se separaria em 1986. Em 2004 A Bolha se reuniria para a gravação de quatro músicas, as quais seriam incluídas no filme 1972 (comédia romântica de 2006), o que geraria a gravação de um CD, com o título de Só prá curtir, com músicas compostas (mas não lançadas) na década de 70.

Em 12 de agosto de 2015, Renato Ladeira viria a falecer, aos 63 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória, encerrando definitivamente a história d'A Bolha e do Herva Doce.

                                                                  
                                                                 
                                                                  
                                                     
                                                                  
                                                     
                                                                  
                                                                                                Ouça o LP completo no link ao ladoÉ proibido fumar

____________________________________________________________________

Em 17 de Junho de 1977,

Raul Seixas  entra nos estúdios cariocas da WEA, gravadora americana que acabara de estabelecer-se no Brasil, e com a qual Raul assinara contrato em 12/05/1977; e inicia as gravações de seu 5o. LP  (a partir de Krig-ha Bandolo, de 1973), O dia em que a Terra parou 

O disco, o 1o. após o término da dupla com Paulo Coelho, trás um novo parceiro, Claudio Roberto Andrade de Azevedo, poeta e professor de ginástica, carioca com quem Raul já trabalhara no LP Novo Aeon.

Marcando uma nova fase na carreira de Raul, que agora estava sem barba e bigode, suas "marcas registradas", o álbum trás alguns de seus grandes clássicos, como a faixa-título, Maluco Beleza e Sapato 36, além de uma parceria com Gilberto Gil em Que luz é essa?, e a presença da Banda Black Rio em Tapanacara.   

Lançado em 20 de setembro de 1977, o disco inicialmente foi bastante criticado, tido pela midia como inferior a seus anteriores, o que também explica a pequena vendagem inicial.

                                                                  
                                                                 
                                                                  
                                                            
                                
                                  
                                                                
                                                                  
                                                                
                                             Ouça o LP completo no link ao lado: O dia em que a Terra  parou

140