95

1973.8

Joelho de Porco 1o. disco (compacto) 

Rita Lee, Lucia Turnbull & Tutti-Frutti - Phono 73 e Cilibrinas do Éden LP 

Gal Costa - 5o. LP - Índia

Sérgio Reis - O Menino da Porteira

 

Em 02 de Agosto de 1973, 

Joelho de Porco, banda paulistana formada no ano anterior e que viria a se tornaruma das maiores lendas do rock brasileiro dos anos 70, misturando pioneiramente rock com humor, grava seu1o. disco, um compacto simples com Se você vai de xaxado, eu vou de rock'n'roll e Fly América

O disco viria a ser lançado num dos programas de TV de maior audiência da época, o Programa Blota Junior, na TV Tupi, canal 4.

                                   
        

     Ouça nos links abaixo

1 -  Se você vai de xaxado, eu vou de rock'n'roll

2 - Fly América 

__________________________________________________________________

Em 15 de agosto de 1973, 

Rita Lee, acompanhada por Lucia Turnbull e pelo grupo Tutti-Fruttigrava, ao vivoseu 1o. álbum (LP), após sua saída d'Os MutantesEis a história do disco:

No final de 1972, Rita Lee conhece na noite paulistana um grupo chamado Lisergia, criado em 1971 pelo guitarrista Luis Sergio Carlini, o baixista Lee Marcucci e o baterista Emilson Colantonio (no início, em 1971, o nome do grupo era Coqueiro Verde).

               

A incrível banda só de mulheres acabaria resumindo-se em um duo, formado por Rita Lee e Lucia Turnbull (antiga tiete d'Os Mutantes). O duo ensaiaria entre março e abril, vindo a chamar-se Cilibrinas do Éden.

A estréia se daria  em 10 de maio de 1973, na Phono 73, festival promovido pela gravadora Phillips (de quem Rita era contratada na época), acabando o show debaixo de vaias, pela simplicidade de seu som, já que (por coincidência, ou não) a dupla apresentou-se logo antes d'Os Mutantes, que traria uma enorme parafernália tecnológica.

                             
    Ouça o LP completo nos links abaixo
Disco 1 / Disco 2
Assista video do show no link abaixo
Phono 73 - Video
                                 
     

Depois desse fracasso a dupla decidiu formar uma banda completa, com mais "peso" e voltada para o rock and roll. O grupo Lisergia passaria a ser essa banda. 

Entre 15 de agosto e 16 de setembro essa formação (RIta, Lucia e Lisergia) apresentou uma temporada de shows com o nome Tutti-Frutti, para o lançamento da carreira solo de Rita Lee.          

Esta temporada de shows foi realizada no Teatro Ruth Escobar, em São Paulo. Devido ao sucesso dos shows, o grupo acabaria por adotar definitivamente o nome Tutti-Frutti (registrado, provavelmente no mesmo ano, por Luis Sérgio Carlini). 

Logo em seguida, entre 15-08 e 16-09, aproveitando o sucessos dos shows, o grupo entraria no Estúdio Eldorado para a gravação de um disco "ao vivo", com uma pequena platéia. Seria o 1o. disco gravado com produção de Liminha, o antigo parceiro de Rita n'Os Mutantes.

André Midani, diretor da gravadora Phillips (e, dizem, "affair" de Rita na época) não gostou do repertório e das gravações, vetando o lançamento do disco.

Esse lançamento só ocorreria 35 anos depois, em 2008, como "disco pirata", por iniciativa de um grupo de fãs europeus.

A escolha do nome do disco, Cilibrinas do Édenfoi desse grupo de fãs que o lançou. Se fosse lançado oficialmente na época, certamente seria chamado de Tutti-Frutti, nome do show.

                                                       
                                          
         Ouça o LP completo no link abaixo
    
Cilibrinas do Éden

_________________________________________________________________

Em 15 de Agosto de 1973,

Gal Costa inicia as gravações de seu 5o. LP solo (o 1o., Domingo, de 1967, ela dividira com Caetano Veloso), Índia, o 2o.(e último) disco de sua fase hippie, desbundada, repleto de uma sensualidade escancarada, à flor da pele, que fascinou todos os que a conheceram na época.

Enquanto o primeiro disco dessa fase (Fa-Tal - A todo vapor, 1971) trazia uma Gal mais roqueira, ainda com bastante resquícios do psicodelismo dos anos 60, em Índia ela trás um repertório mais tradicional, com sucessos do passado, como a própria faixa-título, uma tradicional canção paraguaia, grande hit no Brasil dos anos 50 com a dupla sertaneja Cascatinha e Inhana, e clássicos como Volta (de Lupiscínio Rodrigues) e Desafinado (Tom Jobim), além de músicas mais novas de Caetano Veloso, Luis Melodia, Jards Macalé e Wally Salomão.

A capa do álbum (lançado em dezembro) é um "espetáculo à parte", com fotografias de Antonio Guerreiro, trazendo um close frontal de Gal Costa vestida com um pequeno biquíni vermelho; na contra capa a cantora aparece de seios nus, vestida como uma índia. A censura vetou a exposição da capa e o disco foi vendido nas lojas dentro de um plástico opaco, azul, a esconder a beleza sensual das fotos.

                                     
 
    Ouça o LP completo no link abaixo
                         
Índia

__________________________________________________________________

Em 20 de Agosto de 1973, 

Sérgio Reis inicia as gravações de um compacto que trás seu 2o. sucesso no gênero sertanejo, a música que o consagraria definitivamente neste segmento, O menino da porteira, um dos maiores clássicos da história deste gênero.

O disco explodiria no Brasil todo, ficando em 42o. nas paradas de sucesso das radios de todos o país.

    
                                                           Ouça no link abaixo
                       
O menino da porteira


95