74

1971.5

Módulo 1000 1o. (e único) LP, compactos e gravações diversas

Novos Bahianos 5o. disco (compacto duplo)

O Terço 4o. disco (compacto)

 

Em 12 de Outubro de 1971,

Módulo 1000 é uma banda carioca, formada em 1969 pelo guitarrista Daniel Cardona Romani depois de quatro outros grupos que montara desde 1964 (Os Quem, Os Escorpiões, Sindicato do Crime, Código 20), um dos grupos pioneiros do rock progressivo brasileiro (e até do mundo, pois este gênero estava apenas dando seus primeiros passos na época). 

O grupo, pouco após seu início no começo de 1969, passaria, a partir de maio, uma temporada em São Paulo, tocando em diversos locais como o Círculo Militar, o Salão do Vasco da Gama, o Parque Aquático  e Boite do Mutirão, (que em 31 de julho mudaria seu nome para Boite Catraka).

É na Boite Catraka, na Av. 23 de Maio, 229, esquina  com o Parque Ibirapuera, onde inclusive morariam no andar superior, que fariam mais shows. Teriam ainda uma outra temporada no Clube Siri, de Praia Grande (SP).

A formação do Módulo 1000 nessa época era: Paulo Cézar Willcox no vibrafone, Daniel Cardona Romani na guitarra, Luiz Paulo Simas no órgão, Eduardo Leal no baixo e Candinho (Cândido Souza Farias) na bateria. Mirna, irmã de Daniel, participou por um tempo, adicionando uma voz feminina, mais comercial e acessível.

                                 

Em 1970 conseguiram um contrato com a gravadora Odeon, por onde gravariam um compacto com as músicas Big Mama / Isto Não Quer Dizer Nada, de Sérgio Fayne e Vítor Martins (posteriormente parceiro de Ivan Lins). 

                                 Ouça no link abaixo

Big Mama

Ouça no link abaixo

Isto Não Quer Dizer Nada

No mesmo ano participaram com a música Gloriosa do LP A Juventude, também pela Odeon, compartilhado com Adriana, Bobby Di Carlo, Trio Esperança, Deny e Dino, João Luiz, Silvinha e  Eduardo Araújo.

                                 

                                      Ouça no link abaixo

Gloriosa

De volta ao Rio de Janeiro, também pela Odeon, gravariam Cafusamúsica que defenderam no V FIC-Festival Internacional da Canção da TV Globo em outubro de 1970.

                                 

                             Ouça no link abaixo

Cafusa

No início de 1971, participariam com Ferrugem e Fuligem e Curtíssima de outro LP compartilhado, chamado Posições, dessa vez com os grupos Equipe Mercado, Som Imaginário e A Tribo. 

                                 

                               Ouça nos links abaixo

Ferrugem e Fuligem

Curtíssima

Mas, todas essas gravações, com músicas de uma linha mais palatável para os padrões da época, para Daniel Cardona Romani não eram representativas do verdadeiro som do grupo, e ele pessoalmente até hoje não gosta delas. Já os outros membros sempre gostaram. O LP Posições, porém, é uma unanimidade para o grupo, todos gostando muito. De qualquer forma, todos esses discos seriam uma boa forma de divulgação para a banda.

Em 1971 o grupo seria contratado pela gravadora carioca Top Tape

O contrato foi conseguido pelo produtor musical, DJ e agitador cultural, Ademir Lemos, que tinha relações tão boas com a Top Tape que a direção desta nem sequer quis conhecer o grupo, ou o que seria gravado. Porém, depois de pronto o disco, a extrema originalidade das músicas chocou a direção da gravadora, gerando sérias desavenças. 

Segundo Daniel Cardona Romani se a Top Tape soubesse o que seria gravado, a banda sequer passaria por sua porta. O presidente da gravadora após ter ouvido as gravações subiu pelas paredes... 

                         

No dia 12 de Outubro de 1971, o grupo entra no estúdio carioca Musidisc onde inicia as gravações de seu 1o. (e único) LPNão Fale Com Paredes,  disco precursor, um dos maiores clássicos do gênero rock progressivo, comparável aos melhores do mundo.   

O disco, lançado em março de 1972, se esgotou rapidamente, percorrendo excelente trajetória na mídia, tocando em veículos de prestígio e grande audiência, como a Rádio JB e Rádio MEC, TV Globo (programa Um Instante Maestro, de Flávio Cavalcanti), e TV Tupi (A Onda). 

Haveria também muitas matérias e entrevistas em revistas e jornais como Amiga, TV Guia, Capricho, JB, O Globo, Última Hora, e, mais notadamente, na Rolling Stone. 

Tiveram ainda inúmeras programações em clubes das zonas norte e sul, e concertos em teatros (Teatro da Praia, Teatro de Arena, Teatro Opinião, Teatro Tereza Rachel). E isso citando só o Rio de Janeiro.

Apesar do atraso e da pequena tiragem com que foi lançado, o disco cumpriu o seu papel, e graças à repercussão com ele conseguida, o Módulo 1000 catapultaria seu nome para um plano elevado.

O LP teve uma ótima vendagem para a pequena tiragem que foi lançada, esgotando-se rapidamente nas lojas. Ao não encontrarem mais exemplares várias pessoas chegaram a quebrar a porta de vidro do Teatro da Praia, invadindo o local para pegar os LPs que estavam pendendo em linhas de nylon na entrada do teatro.

A qualidade, originalidade e relevância de Não Fale Com Paredes, faria com que viesse a tornar-se, mesmo décadas depois, um dos maiores cult records  da discografia do rock brasileiro, disputado por colecionadores do mundo todo, com cópias originais extremamente valorizadas, cotadas entre 1.000 e 2.000 dólares.

                               
               

                      Ouça o LP completo no link ao lado:              Não Fale Com Paredes   

Algum tempo depois do lançamento de Não Fale com Paredes, o produtor Ademir Lemos comentou com o grupo que o estúdio ficaria livre por uma tarde, sem gravação alguma, e se quisessem aproveitar para registrar algo, isso seria possível.

Na mesma noite Daniel Cardona Romani compôs duas músicas, (The Cancer Stick Waitin' for Tomorrowe no dia seguinte as gravaram em um compacto. Como eram em inglês, e com um som muito diferente do que faziam até então, lançaram o disco como sendo de um grupo chamado Love Machine.

                                                               Ouça no link abaixo

The Cancer Stick

                                 Ouça no link abaixo        

Waitin' for Tomorrow 

Pouco depois, em 1973, o Módulo 1000 chegaria ao fim. Citando palavras de Daniel Cardona Romani, seu guitarrista e lider:

A expectativa era lançar um segundo LP, mas o clima já não era o mesmo. A última coisa que eu me lembro dos últimos dias da banda foi após um festival de inverno em Juiz de Fora. A gente veio conversando, eu e o Luiz Paulo Simas, das razões pessoais que nos levaram a um certo desgaste. Marcamos uma reunião, se não me engano no Alto da Boa Vista, e concordamos que a banda deveria realmente acabar. Cada um seguiria seu próprio caminho".

Pouco depois,  Luiz Paulo Simas iniciaria contatos com Lulu Santos, do Veludo Elétrico, para montar outra banda.
Depois do final do Módulo 1000, Luiz Paulo e Candinho se juntaram a Fernando Gama (baixo), ex-Veludo Elétrico, e formaram o mitológico Vímana

Pouco depois Lulu Santos (guitarra) completou a formação, que participou dos festivais Banana Progressiva e Hollywood Rock, em 1975. Quando o grupo lançou em 1977 um compacto pela Som Livre, Zebra, Candinho já havia sido substituído por Lobão, e Ritchie Court havia assumido a flauta e vocais.

2013 é um ano de comemoração para os fãs do Módulo 1000, pois o grupo, depois de décadas sem novos lançamentos, lançou em 30 de Maio, durante o Festival  Camping & Rock, na pequena Baldim, em Minas Gerais, um EP com duas músicas, Bewitched e Maybe.

                                   

    Ouça no link abaixo

Bewitched

O 1o. semestre de 2014 trará o lançamento de The Four Walls, CD com 12 novas músicas (além de Bewitched), que neste momento (novembro-2013) já está sendo preparado.

                                         2013 - Daniel C. Romani e Rose, sua companheira

A Musicastória agradece a Daniel Cardona Romani, líder e fundador do Módulo 1000. A  maioria das informações presentes neste tópico, nos foram gentilmente cedidas diretamente por ele.

Um adendo muito triste: pouco depois de haver cedido (por telefone, Messenger do Facebook e e-mail) todas essas informações à Musicastória, e um pouco antes do encontro pessoal que teríamos em São Paulo (para onde sempre vinha encontrar-se com sua amada companheira, Rose), Daniel Cardona Romani perdeu sua luta contra o câncer, falecendo no sábado, 25 de abril de 2015, no Rio de Janeiro.

+ Descanse em Paz, Daniel. Você, com sua alma doce, gentil, serena, nos honrou muito com sua amizade e carinho, mesmo pelo pouco tempo que pudemos conhecer-nos. Faz muito falta a este mundo complicado uma figura tão fantástica como você sempre foi.

____________________________________________________________________

Em 15 de Outubro de 1971, 

Os Novos Bahianos gravam Novos Bahianos + Baby Consuelo No Final do Juízoseu 5o. disco, um compacto duplo que traz um de seus primeiros sucessos (Dê um rolê), e a mistura rock-samba-bossa nova que os consagrariam.

                               

                1 - Dê um rolê   

2 -  Você me dá um disco? 

3 - Caminho de Pedro

4 - Risque                              

____________________________________________________________________

Em 05 de Novembro de 1971, 

O Terço grava seu 4o. disco, um compacto com duas músicas que ainda mostram o grupo bem rock and roll, bem diferente do progressivo que o caracterizaria e consagraria pouco tempo depois.

         Ouça no link abaixo

Ilusão de óptica       

Ouça no link abaixo

Tempo é vento    

                         

74